domingo, 9 de dezembro de 2012

A Caridade




A caridade não se faz, se pratica. A cada novo dia, a cada hora da vida. Não se leva nada do mundo a não ser a lição aprendida, a sabedoria absorvida, as emoções guardadas e a caridade que se pratica - fundamental para todo aquele que conhece e descobre que a caridade é a fonte da alma que ilumina o caminho. Nenhuma força maior da natureza rompe ou desfaz quem atua com a caridade, pois ela é reconhecida e contemplada, e nada e nem ninguém contraria ou desvirtua este comportamento sereno e firme.

A caridade é a semente de proveito e de resultado, no entanto, não se comercializa, não é gerada à força e nem pela brutalidade. Aquele que vive com a culpa não conhece a caridade, mas sim com a fútil e desagradável ação de fazer, pois deve e se cobra. Aquele prefere bens materiais ou ter atos egoístas, não conhece a caridade, mas sim o bem de consumo, a palavra que negocia a alma em momentos breves e fugazes.
Pare, pense e remonte seus ideais. A semeadura é livre, mas a colheita é obrigatória. Plante sementes de caridade como: dar uma palavra, saber ouvir uma palavra, sentar ao lado de alguém, acompanhar alguém, ter tempo para dividir com alguém, manter uma porta aberta para receber alguém, e para acolher uma alma. Na próxima esquina que passar e surgir um pedido como: "você tem um tempo para mim?", pense e analise, mas não se afaste.
A caridade é iniciada no lar, acompanha os amigos, os colegas, os dependentes do seu trabalho, os vizinhos e toda pessoa que passar em sua vida. Todos estão ligados a esta força, pois a caridade nada mais é que uma fonte que incentiva, alegra, gratifica e nos torna almas evoluídas e carismáticas.
Abençoado é aquele que pratica a caridade com o coração e a razão, pois tudo no universo é equilíbrio, fonte do ser e do saber.
Texto de Miriam Zelikowski - Especialista em odontologia emocional e bioterapia, mestre em energias terapêuticas -

8 comentários:

  1. Lindo texto e ótima reflexão,Verinha! beijos,ótima semana!chica

    ResponderExcluir
  2. Colhemos o que plantamos! plante sementes do bem e receba somente o bem! Lindo texto! ótima semana!!bsj

    ResponderExcluir
  3. Lindo Verinha!Fazer caridade não é somente dar esmolas à um pedinte.Fazer caridade é ajudar um cego atravessar a rua.Fazer caridade é ser útil quanto nos parecer sermos a necessidade dos semelhantes.

    bjs.
    Carmen Lúcia

    ResponderExcluir
  4. OBRIGADA A TODOS QUE PASSARAM POR AQUI.ESTOU UM POUCO SUMIDA PORQUE MEU MARIDO PASSOU POR UMA CIRURGIA. BEIJOS DE LUZ PARA TODOS.

    ResponderExcluir
  5. Querida amiga
    Vim agradecer sua carinhosa presença lá no meu cantinho.
    Eu vim também lhe oferecer dois selinhos, um de 700 seguidores e o outro com o desejo de Feliz Natal.
    http://www.mariaalicecerqueira.com/
    Abraço muito amigo
    Maria Alice

    ResponderExcluir
  6. OBRIGADA AMIGA,PASSAREI POR LÁ.BJS

    ResponderExcluir